quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

... uma pintura com o ritmo da sua melhor luz

Image result for Robert Delaunay, Rythme n°1 (1938). Musée d'Art Moderne - Paris.
...aqui.
Adenda 1 (mensagem recebida)

... se, meu admirador de mim sempre única, se nas florestas (e nas flores) nasceu (e floriu) a ideia (a forma e o significado e o sentido) das catedrais, as laranjas (e os limões) nasceram nos Himalaias (rimou, ups), sabia? Não sabia! Olha a novidade, surpresa minha nenhuma!
Adenda 2 (mensagem recebida)
Andava eu, meu caro admirador de mim, andava eu por aqui, e pensei: uhm, tem mesmo que haver vida noutros planetas, não pode ser de outra forma. Záscatrapaz, caiu-me em cima esta noticia! Nossa Senhora, Deus de Espinosa, Vida Inteligente: e então não é que, sem tem-te nem guarda-te, li que cientistas inventaram uma nova forma de matéria? Que faço eu com esta informação cruzada, sabe? Como? Diz-me que devo começar por estudar muito bem o Paradoxo de Fermi? Paradoxo de quem? Vida, céus, pior a emenda que o soneto!

Sem comentários:

Enviar um comentário